Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mais sobre mim

foto do autor


 Mais um artigo na revista "Saber Comer com Saúde" ... Orgulho 😍

 

artigo combinações alimentares.jpg

Bem hajam

Autoria e outros dados (tags, etc)

JÁ NAS BANCAS... REVISTA "Vida e Saúde Natural"  by: ME  ;)

Artigo naturopatia pediatrica.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

aaa.jpg

 

LEVAR A NATUROPATIA ÀS ESCOLAS

Projeto: “ CRIANÇA NATURAL, CRIANÇA FELIZ! “

 

 

 

O ato de nos alimentarmos é um ato fundamental, precioso e cheio de sentido; associado ao ato de respirar, transforma-se num “ato de vida”. Apesar de todas as últimas grandes descobertas científicas, praticamente metade dos 3 mil milhões de indivíduos que vive nos países industrializados, encontra-se doente em consequência do “desequilíbrio alimentar” : obesidade, diabetes, hipertensão, excesso de colesterol, doenças degenerativas, infeções frequentes ... Um dos segredos que permite resolver estes problemas, resume-se, para todos os terapeutas e principalmente para os naturopatas, numa palavra: educar!!! Educar incansavelmente todas as crianças e pais, para uma melhor seleção alimentar.

A Naturopatia para além de ser uma terapia complementar, é uma filosofia de vida. Esta filosofia baseia-se essencialmente em estimular o sistema imunitário para que o organismo consiga defender-se das várias toxinas, vírus, bactérias, que o invadam, sem ser necessário o uso de medicação. É bem mais fácil agirmos prevenindo, do que lamentar-mos pela doença que 'decidiu' escolher-nos a nós como refém. É a ciência, que tem como objetivo trazer saúde através de meios e métodos naturais (alimentação, argiloterapia, terapia ortomolecular, fitoterapia, shonishin (acupunctura pediátrica sem agulhas) hidroterapia, ventosoterapia, reflexologia, etc). Um naturopata avalia doentes e não doenças, cada pessoa é diferente e precisa de ser observada individualmente. Os sintomas (obstipação, gases, dores, cansaço, entre outros), são vistos como um sinal de que, o corpo não está a funcionar corretamente, o naturopata procura entender a causa desses sintomas.

 

NATUROPATIA PEDIÁTRICA : Como pais devemos ter consciência que os nossos filhos podem privilegiar destes métodos naturais para alcançar a saúde e ficar longe de doenças. Há que perceber, que a utilização de fármacos e antibióticos pode e deve ser reduzida.

Atualmente, as informações sobre alimentação são super abundantes e, a nossa educação nutricional é mais fraca que nunca! O futuro dos nossos filhos é alarmante, estima-se que vivam menos 10 anos que a geração presente... é urgente e prioritário selecionar alimentos saudáveis para oferecer às crianças e fazê-las sorrir.. a prevenção é o primeiro passo!

 

 

ÚTIL EM CASO DE:

 - Acne

- Alergias

- Amigdalite

- Anemia

- Ansiedade

- Asma

- Apetite (falta de)

- Bronquiolite

- Bronquite

- Cistite (Infeção urinária)

- Cólicas intestinais

- Concentração (falta)

- Constipação

- Défice de atenção

- Depressão infantil

- Dermatite das fraldas

- Diabetes tipo I e II

- Diarreia

- Doença Celíaca (intolerância ao glúten)

- Eczema

- Educação alimentar

- Enurese noturna (xixi na cama)

- Espetoração (excesso de muco)

- Faringite

- Febre

- Hemorróidas

- Hipertrofia dos adenóides

- Imunidade (estimulação)

- Insónia

- Obesidade

- Obstipação (prisão de ventre)

- Otites

- Parasitoses intestinais

- “Sapinhos” (Candidiase oral)

- Tosse

- Vacinas (diminuir os efeitos negativos)

 



 

images (46).jpg

 

 

MISSÃO:

 

- Conectar e construir a confiança com as famílias por meio do diálogo e da linguagem que seja compreensível e de conversação, quando falamos sobre as condições de saúde das crianças - através das palestras

 

 

 

- Chegar ao maior número de famílias possível, ajudodando-as a entender que carências nutricionais estão a ser sentidas no organismo da criança, selecionando uma lista individual dos alimentos que deverão ser prioritários, de forma a restabelecer a saúde da criança e tornar o seu sistema imunitário forte, combatendo variadíssimas patologias do dia-a-dia, sem o uso de constante de fármacos - através da consulta



- Sensibilizar todos os educadores e direção escolar, para uma escolha cuidada das ementas e introdução de, pelo menos, um dia vegetariano por semana (caso a instituição ainda não tenha) através de aconselhamento naturopático à instituição.

 

- Implementar um ciclo de palestras, para pais e educadores sobre: Plantas Medicinais para Crianças”, “Apender a ler os rótulos dos Alimentos”, “Tratamento Natural para patologias do dia-a-dia”, “O Perigo dos Açúcares”, “Alimentação Vegetariana”, “Como ficar longe das doenças”, entre outros temas.

 

- Fazer Workshops de Cozinha Vegetariana (prático, com elaboração de receitas)

 

 

Visão

- Criar um mundo mais saudável para crianças e adultos.

- Reduzir o número de doenças infantis  ensinando as famílias, como podem ser proativos em relação à saúde. Ao fazê-lo, pretendemos evitar muitas das doenças crónicas que atualmente assolam este país - muitos dos quais são evitáveis ​, basta  inverter o processo da doença na infância

 

 

PRINCIPAL OBJETIVO:

 

1- Proporcionar aos pais uma ferramenta útil, essencial e urgente, para que possam contribuir para a saúde dos seus educandos, fazendo da sua mesa uma “farmácia”.

2- Dar a conhecer a MEDICINA NATUROPÁTICA e os seus benefícios para a saúde da população

3- Criar crianças saudáveis e felizes

 

 

 

COMO VAI FUNCIONAR?

 

a) Consulta - A Naturopata irá às escolas e creches que aderirem ao projeto, Criança Natural, Criança Feliz ”, faz a consulta (cerca de 1h) à criança(dos 0 aos 16 anos), que será acompanhada pelos pais

 

b) Palestras e Workshop de Cozinha- 1 vez por mês ou a combinar com cada instituição

 

 

AS INSTITUIÇÕES OU PAIS INTERESSADOS, EM MAIS INFORMAÇÕES, ENVIAR E-MAIL: naturopatataniacosta@gmail.com

 

 

Bem hajam

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

dha.jpg

 

 

O QUE É?

 

DHA ou Ácido docosahexaenóico é um ácido gordo polinsaturado ÓMEGA-3, considerado essencial e vital para o ser humano, pelo fato do organismo, ser incapaz de o sintetizar, isto é, ou na dieta se inclui quantidades suficientes de ómega-3 ou tem de ser suplementado.

Os ácidos gordos polinsaturados são necessários para o bom funcionamento fisiológico, incluindo o transporte de oxigénio, o armazenamento de energia, a constituição da membrana celular e a regulação da inflamação e da proliferação celular. O DHA é o componente crítico da membrana celular no cérebro e na retina, estando envolvido na função cerebral e visual.

 

QUAIS OS EFEITOS NO SISTEMA IMUNITÁRIO DA CRIANÇA?

A prevalência de doenças alérgicas no primeiro ano de vida da criança tem aumentado desde os últimos trinta anos nos países industrializados e estima-se que seja de, pelo menos, 20%. Os padrões da doença alérgica variam de acordo com a idade, sendo que o pico da incidência de alergias alimentares e dermatite atópica ocorre no primeiro ano de vida, ao passo que a asma e a rinite alérgica continuam a aumentar até aos quinze anos de idade, aproximadamente. O rápido aumento das doenças alérgicas, dentro de uma ou duas gerações, é o resultado de alterações genéticas da população, que muito provavelmente estão relacionadas com variações ambientais. Este aumento coincide com mudanças a nível alimentar, favorecendo o incremento da ingestão de ómega-6 e diminuindo a ingestão de ómega-3. A modificação do balanço ómega-6/ómega-3 pode estar relacionada com uma maior prevalência da doença alérgica na infância.

babys.jpg

 

BENEFÍCIOS NOS BEBÉS e CRIANÇAS?

 

Diversos estudos comparativos efetuados com grupos de crianças que não tomavam DHA e outros que incluíam DHA na sua aliamentação referem que, o grupo que incluiu na sua alimentação DHA, registou uma redução significativa:

 

- ao nível da desordem da coordenação motora;

- da ansiedade;

- de problemas comportamentais;

- hiperatividade;

- distúrbios de sono;

- agressividade;

- diabetes infantil;

- obesidade

- stress;

 

Foi registado também uma evolução e aumento relativamente a:

 

- Concentração

- Aprendizagem

- Memória

- Serenidade

- Acuidade visual

 

 

BENEFÍCIOS NAS GRÁVIDAS e LACTANTES?

 

Alguns investigadores mediram os níveis sanguíneos de DHA no cordão umbilical dos bebés. A concentração de DHA no cordão umbilical é um bom indicador da exposição intra-uterina ao ómega-3 durante o último trimestre de gestação, um período crucial para o desenvolvimento de neurões e fotorrecetores da retina. É importantíssimo suplementar nesta fase da gravidez. Segundo o European Consensus Group, as mulheres grávidas e lactantes devem consumir em média, pelo menos 200 mg de DHA/dia.

 fc9525bc0ed225adf49a1429827962c0.jpg

Em 2004 a US Food and Drug Administration (FDA) emitiu um alerta para que todas as mulheres grávidas limitassem o consumo de peixe a 340 g por semana, de forma a evitar ao máximo a exposição do feto a neurotoxinas. Ao contrário do ómega-6, do ferro, do iodo e da colina, que não se alteram na presença de metilmercúrio, o efeitos do DHA são neutralizados na exposição a elevados níveis de mercúrio (peixe-espada, cação, truta, tubarão, atum-branco, normalmente os bifes de  atum, linguado e peixes de qualquer espécie de tamanho muito grande). A consequência da contaminação do bebé é o desenvolvimento de problemas cognitivos, geralmente sem cura – apenas tratamento. Dentre elas, está o autismo, uma alteração que afeta a comunicação, socialização e comportamento do ser humano.

 

 

 

 

Não querendo fazer nenhuma publicidade, mas estes suplementos são de marcas seguras 

 

Para as mamãs NÃO VEGETARIANAS:

 

dha pre natal.jpg

 

Este suplemento é bom, existem marcas de pouca confiança, onde reside o perigo de encontrar-mos óleos de peixe, rançosos ou com excesso de toxinas, tenha muita atenção na hora da compra.

 

 

Para as mamãs VEGETARIANAS

PARA MIM, DOS MELHORES, MESMO PARA AS NÃO VEGETARIANAS, é preferível não correr o risco com os óleos de peixe e preferir as algas

dha-opti3_vegan-.jpg

 

Este suplemento pode ser administrado também a crianças vegetarianas, basta abrir a cápsula e juntar o óleo à papinha do bebé, dependendo da idade, varia a quantidade. Para os mais pequenos, meia cápsula por dia, para os pais crescidos meia cápsula de manhã e outra metade, ao jantar. Uma consulta com um terapeuta certificado é sempre uma melhor opção.

 

Para as bebés e crianças NÃO VEGETARIANAS:

Babys DHA-500x500.jpg

dha children.jpg

 

 

 

 

 

FONTES ALIMENTARES DE ÓMEGA-3:  Algas, sementes de CHIA, sementes de LINHAÇA, sardinha, salmão, vegetais de folha verde escura, como o agrião, brócolos, couve-de-bruxelas e espinafres,etc.

 

SINAIS DE DEFECIÊNCIA: Comportamentos agressivos, dislexia, dificuldade em dormir, obesidade, hiperatividade, dificuldade de concentração, risco de parto prematuro, depressão pós parto, doenças auto-imunes (esclerose múltipla, psoríase, etc.), alergias, défice de atenção, descordenação motora, retardo no crescimento, falta de apetite, fraqueza, depressão infantil.

 

Bem hajam

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olá papás ... 

 

Infelizmente, a sociedade ocidental está exposta diariamente a centenas de químicos sintéticos, que posteriormente são absorvidos por TODO o organismo e o prejudicam. Cabe a nós, cidadãos e pais, não compactuar com este tipo de negócio. Já que a lei não proibe determinamos produtos tóxicos, mesmo sabendo, que prejudicam o ser humano, temos de ser nós a intervir nesse campo, deixando de comprar o que não nos faz bem.

 

protetores.jpg

 

Estamos em pleno Verão e o protetor solar e o baton protetor é algo que, não falta dentro dos sacos de praia, ou pelo menos, não deveria. A questão que se coloca é: 

 

SÃO TODOS BONS E EFICAZES??

NÃO ... 80 % deles não  funcionam e muitos contém ingredientes químicos prejudiciais à saúde, segundo os resultados de alguns estudos recentes.

 

Tudo o que colocamos na pele é absorvido para a corrente sanguínea, circula por todo o organismo e vai prejudicar o órgão reponsável pela neutralização dos produtos químicos no corpo, o fígado. Aplicaria um protetor solar ao seu filho, se soubesse que está a contribuir para um possível cancro na pele e a prejudicar a sua saúde? É óbvio que a maioria dos pais, diria que NÃO, o problema é que ainda poucas pessoas sabem do mal que certos protetores e muitos produtos cosméticos causam, porque ACHAM que, se prejudicasse a saúde, não estaria à venda, o que é um puro erro!

 

QUE INGREDIENTES NÃO POSSO ENCONTRAR NA ESCOLHA DO MEU PROTETOR?

 

- PARABENOS (Metil, Etil, Butil, Propil e Isobutil): os parabenos são conservantes potencialmente cancerígenos e podem atuar como desreguladores hormonais. Em substituição é utilizado um conservante natural feito de manjericão e arroz e, em alguns casos o ácido desidroacético, que é um conservante seguro sintético aprovado pela ECOCERT.

 

- PERFUME e CORES ARTIFICIAIS: São tóxicos, sintéticos e podem causar sintomas como: alergias a pessoas mais sensíveis, dores de cabeça, tonturas, erupção cutânea, hiperpigmentação, tosse forte, vómitos ou irritação da pele.

 

- PETROLATUM: Assim como outros derivados do petróleo (silicones e parafinas) é usado pelas suas propriedades emolientes e lubrificantes. Em contato com a pele tende a tampar os poros, interfere no mecanismo de hidratação, dificultando a penetração dos ativos do produto e tendo ação comedogénica (causa cravos e borbulhas). Além disso é poluente, contamina as águas do planeta.

 

- SLS (sulfato de sódio laureth): são usados também ​​em muitos champôs e produtos de lavagem. O SLS passa por um processo conhecido como ethyoxylation, que envolve a utilização de óxido de etileno (agente cancerígeno conhecido por desenvolver cancro de mama). Pode também causar secar a pele e irritá-la.

 

- PHTHALATES (ftalatos):  São compostos químicos com efeitos hormonais encontradas também em produtos para o  cabelo e vernizes de unhas que podem afectar o correcto funcionamento do organismo.Têm sido associados à feminização de bebés do sexo masculino.

 

- Copolymer VA/PVP: Um produto químico derivado do petróleo utilizado em protetores sprays, produtos para pentear e outros cosméticos. Pode ser considerado tóxico, uma vez que as partículas inaladas poderem danificar os pulmões de pessoas sensíveis.

 

- PROPYLENE GLYCOL (Propileno Glicol): Idealmente isto é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo que ambos são naturais. Normalmente, é uma combinação petroquímica sintética utilizada como um umectante. Tem sido conhecido por causar reacções alérgicas, urticária e eczema. Quando você ver PEG (polietileno glicol) de PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado - estes são sintéticos relacionados.

 

- FORMALDEÍDO (Formol): Usado em perfumes, alisantes, esmaltes, desodorizantes e cremes, como conservante. Além de ser um carcinogênico comprovado, pode atacar o sistema imunitário e causar inúmeras reações – asma, fadiga, tonturas, dores de cabeça, alergia nos olhos e pele, etc.

 

- Diazolidinil Urea, Imidazolidinyl Urea: Estes são conservantes amplamente utilizados. A Academia Americana de Dermatologia concluiu que eles são uma das causas principais de dermatite de contato. Dois nomes para o comércio destes produtos químicos são Germall II e Germall I15. Nenhum dos químicos Germall contém um bom agente fungicida, e eles devem ser combinados com outros conservantes. Ambos libertam formaldeído, que pode ser tóxico.

 

 

 

Com bebés, o cuidado tem obrigatoriamente que ser redobrado e todos os cuidados com o sol (exposição solar altamente periogosa entre as 11h-16h) e com substâncias sintéticas e tóxicas, são poucos...opte por produtos orgânicos, são seguros e livres de químicos perigosos.

 

Protetor-Solar-FPS-50-300x300.jpg

 

Ingredientes (INCI):

Titanium Dioxide, Polyglyceryl-2 Dipolyhydroxystearate, Polyglyceryl-3 Diisostearate, Caprylic/Capric Triglyceride, Aqua (Water), Glycine Soja (Soya bean) Oil*,Caprylic/Capric Triglyceride, Butyrospermum parkii (Shea) Butter*,Glycerin (plant source), Olea europaea (Olive) Fruit Oil*, Olea europaea (Olive) Leaf Extract*,  Punica granatum, (Pomegranate) Extract*, Glyceryl Oleate,  Canola (Rapeseed) Oil*, Hippophae rhamnoides (Sea Buckthorn) Oil*,Rosa moschata (Wild Rose) Oil*, Oryza Sativa (Rice) Bran Oil, Mica, Glycyrrhiza glabra (Licorice) Root Extract, Simmondsia chinensis (Jojoba) oil*,Magnesium Sulfate, Oenothera biennis (Evening Primrose) Oil*,oy Bean Lecithin, Macadamia ternifolia (Macadamia nut) Oil, Tocopherol (Vitamin E), Bisabolol, Parfum (blend of natural essential oils), Limonene, Linalool, Geraniol and Citral (components of essential oils), CI 77491, CI 77492, CI 77499.

*Cultivados biologicamente

100% dos ingredientes são de Origem Natural

26,28% de todos os ingredientes são cultivados biologicamente.

95,30% dos ingredientes cultivados biologicamente provêm de plantas.

 

 

 

Bem hajam

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

PORQUE É QUE NÃO DEVE COMER GELATINA – SEJA ELA LIGHT OU NÃO

1434466720629Este artigo refere-se a gelatinas  industrializadas com sabores, que podemos encontrar em qualquer supermercado, e em especial aos produtos light/0%gorduras/0% açúcar que entra na dieta de muitas de nós por acreditarmos estar a fazer a escolha mais saudável.

A gelatina pré-preparada (produto em pó) ainda é recomendada por muitos profissionais de saúde (daí a encontrarmos frequentemente em vários planos alimentares, cantinas escolares, hospitais, etc.), talvez pela sua praticidade (de compra e consumo), preço baixo e baixo valor calórico. No entanto, basta lermos o rótulo na embalagem  para vermos que esta não é a escolha mais saudável, nem para adultos e muito menos para crianças. Ao analisarmos rapidamente uma marca de gelatina “normal”, vemos de imediato que esta é composta na maioria por açúcares (88%) – ler valor da tabela de Declaração Nutricional “Hidratos de Carbono dos quais açúcares” :

Gelatina "normal"

Gelatina “normal”

 

Ou seja:

1434466720629Depois desta constatação, penso que todos nós já descartámos a ideia de que o produto possa ser saudável.

Vejamos agora o rótulo de uma das marcas mais procurada quando o objectivo é a perda de peso (clique na imagem para aumentar):

20150616_153302

Amostra 1 – Gelatina “Sem açúcares”

Amostra 1. “Sem açúcares”

  1. Maltitol – é um tipo de açúcar, que tal como o açúcar “de mesa” eleva os níveis de glicose no sangue (ligeiramente menos do que o açúcar). Este é o componente mais abundante no preparado – para um produto denominado de “sem açúcares” começamos bem;
  2. Aspartame – adoçante artificial, contraindicado para pessoas com Fenilcetonúria;
  3. Acessulfame K – adoçante artificial, contraindicado para pessoas com problemas renais;

– como indicado no rótulo o excesso de edulcorantes pode causar efeitos laxativos e outros problemas gastrointestinais;

4. Gelatina(15.7%) – o ingrediente que dá o nome ao produto… Mas afinal a “Gelatina” só tem 16% de gelatina (um dia mais tarde irei escrever um artigo a explicar de onde vêm esta gelatina);

5. Ácido fumárico – regulador de acidez;

6. Citrato de sódio –  regulador de acidez;

7. Aromas – aromas artificiais criados em laboratório;

8. Vitamina C  – será esta a razão “saudável” pela qual ainda comemos gelatina?

9. E100 – corante;

10. E120 – corante animal extraído de um insecto chamado cochonilha

CochonilhaPode conter trigo, ovos e leite. Ou seja, pode conter glúten.

Contém uma fonte de fenilalanina. 

Portanto aqui está então a fórmula da nossa “deliciosa” gelatina:

1434466677216

 

Como exemplo deixo mais dois rótulos de produtos semelhantes onde podemos, mais uma vez, comprovar o vazio nutricional que é este produto.

C.

Amostra 3.

Amostra 2. “0% Açúcar” 

Ingredientes (do mais abundante para o menos presente no produto):

  1. Gelatina
  2. Maltodextrina
  3. Ácido Fumárico
  4. Ácido cítrico
  5. Citrato de sódio
  6. Aroma
  7. Fibra
  8. Antioxidante (vitamina C)
  9. E951
  10. E950
  11. Corantes Naturais (E163 e E132)

Contêm edulcorantes. Contêm fonte de fenilalanina. Pode contêm vestígios de cereais com glúten.

20150616_153350

Amostra 3.

  1. E965
  2. E951
  3. Gelatina (16%)
  4. E297
  5. E331
  6. Aroma
  7. Sal
  8. Vitamina C
  9. E100

No entanto, não vai ser uma taça de gelatina por ano que irá mata-lo. Basta ter bom senso: se gosta mesmo deste produto, restrinja o seu consumo a ocasiões especiais, mas mantenha-o longe da sua despensa – olhos que não vêm, coração que não sente…

Como alternativa, podemos usar agar-agar (vegetal) ou até gelatina neutra sem aditivos, mas recomendo os pudins de sementes de chia caseiros pois são bem mais interessantes a nível nutricional. Basta misturar o líquido (leite vegetal, chá, etc.) À sua escolha com as sementes de chia, misturar e esperar. Pode adicionar frutas ou canela, baunilha, etc.

Aqui fica uma foto para abrir o apetite enquanto esperam pela nossa receita :) 

chia-seed-pudding-6

 

FONTE: http://www.isidiet.com/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

http://www.acss.min-saude.pt/artigo/tabid/98/xmmid/1949/xmid/7611/xmview/2/Default.aspx

Autoria e outros dados (tags, etc)

canja de cogumelos.jpg

Olá papás, aqui fica uma ideia para um jantarinho leve e delicioso.. canjinha vegan, super saborosa e super saudável ... as crianças adoram ;) 

Os ingredientes que utilizei são todos provenientes da agricultura biológica.

 

INGREDIENTES: 4 pessoas

 

- 2 cháv. arroz integral

- 1 cebola média

- 1 embalagem de cogumelos pequenos frescos, Marron (pode fazer com outros cogumelos, brancos, pleurotos, etc)

- 1 cubo de legumes biológico (com pouco sal)

- 1 rodela de gengibre

- 1 tira Alga Kombu

- Sal grosso marinho q.b

- 1 dente de alho com casca

- 2 dentes de alho picados

- Coentros q.b (opção)

- Hortelã q.b

- Pimenta preta (moída na hora) q.b

- Cúrcuma (Açafrão das Índias) q.b

- Azeite q.b

- Molho de soja q.b

- Sumo limão q.b

 

COMO PREPARAR:

Coza o arroz integral com cerca de 8 chávenas de água, juntamente com uma pitada de sal e a alga kombu durante cerca de 45 minutos em lume médio (pode deixar o arroz de molho de manhã, para cozinhar mais depressa à noite). Quando estiver cozido, coloque o cubo de legumes, a cebola, a rodela do gengibre, uma pitada de pimenta preta e de açafrão, o alho com casca esmagado com a palma da mão e a hortelã, deixe cozinhar mais 5 minutos. Se tiver com pouca água, acrescente mais um pouco. À parte, numa frigideira, pique o alho, regue com azeite e molho de soja e em lume brando deixe amolecer, sem fritar. Lave bem os cogumelos (devem previamente estar demolho em água com vinagre) e corte-os em quartos. Coloque-os na frigideira e deixe-os cozinhar cerca de 7 minutos. Desligue o lume e junte este preparado ao arroz. Sirva com umas gotas de limão e voilá ... desfrutem desta delícia em família!

 

NOTA: Caso queiram fazer uma canja um pouco mais rápida, substituam o arroz por massa integral, cozinha mais depressa (cotovelos, por exemplo, mas sempre integral). 

 

Bem haja

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

images (46).jpg

A Naturopatia para além de ser uma terapia complementar (reconhecida pela Lei 45/2003 de 22 de Agosto), é uma filosofia de vida. Esta filosofia baseia-se essencialmente em estimular o sistema imunitário para que o organismo consiga defender-se das várias toxinas, vírus, bactérias, que o invadam, sem ser necessário o uso de medicação. A palavra-chave é a PREVENÇÃO. É bem mais fácil agirmos prevenindo, do que lamentar-mos pela doença que 'decidiu' escolher-nos a nós como refém. 

É a ciência, que tem como objetivo trazer saúde através de meios e métodos naturais. Um naturopata avalia doentes e não doenças, cada pessoa é diferente e precisa de ser observada individualmente, isto é, a necessidade de um, não é a necessidade de todos.

Defendo que deveria existir, dentro da naturopatia,  especialistas nas diversas áreas de saúde, naturopatas mais credenciados para a oncologia, pediatria, geriatria e por ai em diante. Apesar de estarmos aptos para atender qualquer paciente, era muito mais eficaz e credível se existissem estas especialidades.  

images (77).jpg

 

NATUROPATIA PEDIÁTRICA é a área que me sinto mais confortável e que decidi abraçar como especialidade, estudando-a mais profundamente para ajudar os pequenotes a ficar longe, sempre que possível, dos fármacos e antibióticos. Como pais devemos ter consciência que os nossos filhos podem privilegiar destes métodos naturais para alcançar a saúde e ficar longe de doenças. 

 

QUE MÉTODOS NATURAIS UTILIZA A NATUROPATIA QUE PODE AJUDAR O SEU FILHO?

 

- ALIMENTAÇÃO: conselhos sobre alimentação adequada às necessidades do corpo de cada criança para cultivar e restabelecer a saúde. Por exemplo, a eliminação de certos de alimentos, a alimentação vegetariana, a combinação entre alimentos ou conforme o grupo sanguíneo.

 

- SUPLEMENTOS ALIMENTARES: vitaminas, minerais, aminoácidos, enzimas, de forma a evitar carências e reforçar o sistema imunitário ( nunca os usando como substitutos alimentares)

 

- FITOTERAPIA: utilização de plantas, flores, ervas e árvores para tratar e prevenir problemas físicos, mentais e emocionais, com chás, xaropes, cataplasmas, etc. veja http://oprincipezinhocomebrocolos.blogs.sapo.pt/tag/fitoterapia+para+crian%C3%A7as

 

- HOMEOPATIA: preparações contendo substâncias extremamente diluídas oriundas de diferentes ervas, minerais, animais ou químicos. Com o conceito de que o semelhante cura o semelhante e desenvolvido por Samuel Hahnemann por volta de 1800. Com muito poucas contra-indicações e muito útil bebés e crianças

 

- MASSAGEM:  Reflexologia podal, Shantala, Shiatsu, Reflexologia geral, etc.

 

- HIDROTERAPIA: uso da água para estimular a circulação, aumentar a energia, baixar temperaturas corporais, etc.

 

- GEOTERAPIA:  uso de argila para tratar inflamações internas e externas, limpar toxinas, baixar temperatura, aliviar dores, etc. ver http://oprincipezinhocomebrocolos.blogs.sapo.pt/tag/argiloterapia

 

- IRIDOLOGIA:  é uma forma de diagnóstico, na qual a análise de padrões, cores e outras características da íris permite que se conheçam as condições gerais de saúde baseada na suposição de que alterações na íris refletem doenças específicas em órgãos. 

 

 - RESSONÂNCIA MAGNÉTICA QUÂNTICA: O Diagnóstico Quântico é a leitura da frequência electromagnética do corpo ou de um órgão em particular. Cada órgão do nosso organismo possui uma frequência electromagnética única e identificável, ao ler-se em dado momento a reactividade electrofisiologica do órgão podemos analisar se se encontra em equilíbrio (homeostase) ou se existe desequilibro osmótico, neste caso poderemos ainda averiguar se existe apenas desiquilibrio osmotico na zona ou se há uma patologia instituída que o provoque. Como nos electroencefalogramas (EEG), nos electrocardiogramas (ECG) ou nos electromiogramas (EMG) que utilizam o registo eléctrico para proceder ao diagnóstico, a Terapia quântica usa a leitura da energia do ADN, energia infinitesimal, permitindo a leitura da frequência electromagnética a nível celular naquele momento.

 

- ENTRE OUTROS (Aurículoterapia, Terapia Ortomolecular, Reflexologia,etc)

 

 plantas4.jpg

EM DOENÇAS INFANTIS A NATUROPATIA PODE SER ÚTIL?

 

- Acne

- Aftas bucais

- Alergias

- Amigdalite

- Anemia

- Anorexia Nervosa

- Ansiedade

transferir (16).jpg

- Asma

- Apetite (perda de)

- Bronquiolite

- Bronquite

- Candidíase

- Cistite (Infeção urinária)

- Cólicas intestinais

- Concentração (falta)

- Conjuntivite

- Constipação

- Défice de atenção

- Depressão infantil

- Dermatite das fraldas

- Diabetes tipo I

- Diarreia

- Dor nas gengivas, pelo nascimento dos dentes (latentes)

- Doença Celíaca (intolerância ao glúten)

- Eczema

- Educação alimentar

- Enurese noturna

- Escarlatina

- Espetoração (excesso de muco)

- Falta de apetite

- Faringite

- Febre

- Gripe

- Hemorróidas

- Herpes labial

- Hiperatividade

- Hipertrofia dos adenóides

- Imunidade (estimulação)

- Insónia

- Intoxicações alimentares

- Irriatabilidade

- Laringite

- Mau hálito (halitose)

- Obesidade

- Obstipação (prisão de ventre)

- Otites

- Papeira

- Parasitoses intestinais

- Pé de Atleta

- Refluxo gastro-esofágico

- Rinite alérgica

- Rouquidão

- “Sapinhos” (Candidiase oral)

- Sarampo

- Sinusite

- Sonambulismo

- Tosse

- Treçolho

- Vacinas (diminuir os efeitos negativos)

- Varicela

- Vómitos

- Aconselhamento alimentar específico para cada criança

images (79).jpg

 

 

" É mais fácil criar crianças fortes do que tratar homens fracos" - Frederick Douglas

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Olá papás, notícia fresquinha e muito positiva ;)

 

A Nutrition Australia, desvendou, pela primeira vez em 15 anos, uma NOVA PIRÂMIDE ALIMENTAR e traz alterações polémicas para muitos. Introduz novos alimentos e 'barra' o açúcar e a 'comida de plástico'.

 

Nova Pirâmide Alimentar.jpeg

 

Esta nova Pirâmide, dá-lhe as indicações essenciais para ter uma alimentação saudável. A novidade é que esta Pirâmide Alimentar australiana prevê, pela primeira vez, alimentos como quinoa, cuscuz, tofu ou leite de soja. E retira outros como o açúcar ou as gorduras saturadas.

Segundo esta pirâmide: açúcar e sal, nem vê-los. Já estão naturalmente na comida e, por isso, não devem ser acrescentados quando cozinha (eu não concordo na retirada a 100% do sal grosso marinho, devemos sim consumir o mínimo possível e nunca refinado)

A Nutrition Australia, que elaborou a nova Pirâmide dos Alimentos, recomenda mesmo que toda a gente confirme os rótulos nos alimentos embalados que compra no supermercado para assim conseguir evitar aqueles que têm sal ou açúcar adicionados. O sal e o açúcar são responsáveis pelo aumento do risco de doenças cardíacas, diabetes tipo 2 ou alguns tipos de cancro, sublinham.

A Nutrition Australia aconselha que substitua o sal por ervas aromáticas – secas ou frescas e especiarias. É uma forma saudável de dar sabor à comida.

A manteiga, que antigamente se encontrava no topo da pirâmide, junto dos alimentos que deveriam ser consumidos muito esporadicamente, agora desapareceu. Todas as gorduras saturadas desapareceram. As únicas gorduras que deve comer são as gorduras saudáveis, como o azeite.

Coma quinoa, cuscuz e cereais integrais. 70% daquilo que come ao longo de um dia deve ser fruta, vegetais, leguminosas e cereais. E de entre os cereais deve privilegiar os integrais – o arroz e massa integrais, as aveias e a quinoa. As crianças mais velhas, os adolescentes e os adultos deveriam comer, todos os dias, duas porções de fruta e cinco de vegetais ou leguminosas.

Na camada do meio da pirâmide estão os lacticínios e as proteínas, que devem ser consumidos moderadamente. E aqui há novidades. Escolha sempre produtos lácteos magros, para evitar as gorduras saturadas. Ou então substitua-os por alternativas como o leite de soja, de arroz ou de cereais, desde que tenham, pelo menos 100 mg por cada 100 ml de cálcio adicionado e que não sejam uma opção diária, aconselham.

Carnes, de preferência magras. Os vegetarianos podem ter uma alimentação equilibrada se substituírem o peixe e a carne por ovos, tofu ou leguminosas que sejam ricas em proteínas.

Nova Pirâmide Alimentar-Sugestão australianos.jp

 

 

Qual a vossa opinião? 

 

Bem hajam

 

 

 

Fonte: http://www.noticiasaominuto.com/mundo/394782/nova-piramide-alimentar-proibe-acucar-e-recomenda-cuscuz-e-leite-de-soja#/615/0

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor