Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mais sobre mim

foto do autor


Olá papás ... 

 

Infelizmente, a sociedade ocidental está exposta diariamente a centenas de químicos sintéticos, que posteriormente são absorvidos por TODO o organismo e o prejudicam. Cabe a nós, cidadãos e pais, não compactuar com este tipo de negócio. Já que a lei não proibe determinamos produtos tóxicos, mesmo sabendo, que prejudicam o ser humano, temos de ser nós a intervir nesse campo, deixando de comprar o que não nos faz bem.

 

protetores.jpg

 

Estamos em pleno Verão e o protetor solar e o baton protetor é algo que, não falta dentro dos sacos de praia, ou pelo menos, não deveria. A questão que se coloca é: 

 

SÃO TODOS BONS E EFICAZES??

NÃO ... 80 % deles não  funcionam e muitos contém ingredientes químicos prejudiciais à saúde, segundo os resultados de alguns estudos recentes.

 

Tudo o que colocamos na pele é absorvido para a corrente sanguínea, circula por todo o organismo e vai prejudicar o órgão reponsável pela neutralização dos produtos químicos no corpo, o fígado. Aplicaria um protetor solar ao seu filho, se soubesse que está a contribuir para um possível cancro na pele e a prejudicar a sua saúde? É óbvio que a maioria dos pais, diria que NÃO, o problema é que ainda poucas pessoas sabem do mal que certos protetores e muitos produtos cosméticos causam, porque ACHAM que, se prejudicasse a saúde, não estaria à venda, o que é um puro erro!

 

QUE INGREDIENTES NÃO POSSO ENCONTRAR NA ESCOLHA DO MEU PROTETOR?

 

- PARABENOS (Metil, Etil, Butil, Propil e Isobutil): os parabenos são conservantes potencialmente cancerígenos e podem atuar como desreguladores hormonais. Em substituição é utilizado um conservante natural feito de manjericão e arroz e, em alguns casos o ácido desidroacético, que é um conservante seguro sintético aprovado pela ECOCERT.

 

- PERFUME e CORES ARTIFICIAIS: São tóxicos, sintéticos e podem causar sintomas como: alergias a pessoas mais sensíveis, dores de cabeça, tonturas, erupção cutânea, hiperpigmentação, tosse forte, vómitos ou irritação da pele.

 

- PETROLATUM: Assim como outros derivados do petróleo (silicones e parafinas) é usado pelas suas propriedades emolientes e lubrificantes. Em contato com a pele tende a tampar os poros, interfere no mecanismo de hidratação, dificultando a penetração dos ativos do produto e tendo ação comedogénica (causa cravos e borbulhas). Além disso é poluente, contamina as águas do planeta.

 

- SLS (sulfato de sódio laureth): são usados também ​​em muitos champôs e produtos de lavagem. O SLS passa por um processo conhecido como ethyoxylation, que envolve a utilização de óxido de etileno (agente cancerígeno conhecido por desenvolver cancro de mama). Pode também causar secar a pele e irritá-la.

 

- PHTHALATES (ftalatos):  São compostos químicos com efeitos hormonais encontradas também em produtos para o  cabelo e vernizes de unhas que podem afectar o correcto funcionamento do organismo.Têm sido associados à feminização de bebés do sexo masculino.

 

- Copolymer VA/PVP: Um produto químico derivado do petróleo utilizado em protetores sprays, produtos para pentear e outros cosméticos. Pode ser considerado tóxico, uma vez que as partículas inaladas poderem danificar os pulmões de pessoas sensíveis.

 

- PROPYLENE GLYCOL (Propileno Glicol): Idealmente isto é uma glicerina vegetal combinada com álcool de cereais, sendo que ambos são naturais. Normalmente, é uma combinação petroquímica sintética utilizada como um umectante. Tem sido conhecido por causar reacções alérgicas, urticária e eczema. Quando você ver PEG (polietileno glicol) de PPG (polipropileno glicol) num rótulo, tenha cuidado - estes são sintéticos relacionados.

 

- FORMALDEÍDO (Formol): Usado em perfumes, alisantes, esmaltes, desodorizantes e cremes, como conservante. Além de ser um carcinogênico comprovado, pode atacar o sistema imunitário e causar inúmeras reações – asma, fadiga, tonturas, dores de cabeça, alergia nos olhos e pele, etc.

 

- Diazolidinil Urea, Imidazolidinyl Urea: Estes são conservantes amplamente utilizados. A Academia Americana de Dermatologia concluiu que eles são uma das causas principais de dermatite de contato. Dois nomes para o comércio destes produtos químicos são Germall II e Germall I15. Nenhum dos químicos Germall contém um bom agente fungicida, e eles devem ser combinados com outros conservantes. Ambos libertam formaldeído, que pode ser tóxico.

 

 

 

Com bebés, o cuidado tem obrigatoriamente que ser redobrado e todos os cuidados com o sol (exposição solar altamente periogosa entre as 11h-16h) e com substâncias sintéticas e tóxicas, são poucos...opte por produtos orgânicos, são seguros e livres de químicos perigosos.

 

Protetor-Solar-FPS-50-300x300.jpg

 

Ingredientes (INCI):

Titanium Dioxide, Polyglyceryl-2 Dipolyhydroxystearate, Polyglyceryl-3 Diisostearate, Caprylic/Capric Triglyceride, Aqua (Water), Glycine Soja (Soya bean) Oil*,Caprylic/Capric Triglyceride, Butyrospermum parkii (Shea) Butter*,Glycerin (plant source), Olea europaea (Olive) Fruit Oil*, Olea europaea (Olive) Leaf Extract*,  Punica granatum, (Pomegranate) Extract*, Glyceryl Oleate,  Canola (Rapeseed) Oil*, Hippophae rhamnoides (Sea Buckthorn) Oil*,Rosa moschata (Wild Rose) Oil*, Oryza Sativa (Rice) Bran Oil, Mica, Glycyrrhiza glabra (Licorice) Root Extract, Simmondsia chinensis (Jojoba) oil*,Magnesium Sulfate, Oenothera biennis (Evening Primrose) Oil*,oy Bean Lecithin, Macadamia ternifolia (Macadamia nut) Oil, Tocopherol (Vitamin E), Bisabolol, Parfum (blend of natural essential oils), Limonene, Linalool, Geraniol and Citral (components of essential oils), CI 77491, CI 77492, CI 77499.

*Cultivados biologicamente

100% dos ingredientes são de Origem Natural

26,28% de todos os ingredientes são cultivados biologicamente.

95,30% dos ingredientes cultivados biologicamente provêm de plantas.

 

 

 

Bem hajam

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




Mais sobre mim

foto do autor